MangaNotíciaShort Post

Act-age é CANCELADO após prisão do autor por assédio

Em um comunicado via Twitter, a Shueisha anunciou nesta segunda-feira (dia 10) o fim repentino do mangá após a prisão do autor Tatsuya Matsuki. O capítulo final de Act-Age será públicado na edição 36ª e 37ª da Weekly Shonen Jump.

Traduzindo:

“Em 8 de agosto, Tatsuya Matsuki, autor da série act-age, foi preso. O departamento editorial levou a situação muito a sério, confirmou os fatos e teve uma conversa com a Shiro Usazaki, artista da série. Como resultado, foi decidido que a série, act-age, não será continuada.

A serialização terminará com a publicação da edição 36•37 da Weekly Shonen Jump, lançado na terça-feira, 11 de agosto. O departamento editorial lamenta muito que um trabalho que há tanto tempo seja apoiado pelos leitores tenha que terminar assim.

No entanto, o departamento levou muito a sério esta situação e a responsabilidade social da Weekly Shonen Jump, que levou a esta decisão final. Pedimos desculpas por qualquer inconveniente causado.

Não apenas o departamento editorial, mas Shiro Usazaki está com o coração partido por causa da situação, então vamos apoiá-la e dar o nosso melhor para criar novos trabalhos no futuro.

Em relação à publicação de volumes e diferentes eventos em andamento planejados, iremos discuti-los com as partes envolvidas e informá-los assim que as decisões forem tomadas.

10 de agosto de 2020. Weekly Shonen Jump Editorial Department.”

Para quem não sabe, um dos autores do mangá Act-Age, Tatsuya Matsuki foi preso neste sábado (dia 08) sendo suspeito de ter cometido assédio contra duas estudante do ensino fundamental. De acordo com a polícia, a menina caminhava pelo bairro Nakano, em Tóquio, no dia 18 de junho às 20h, quando o suspeito abordou a menina por trás enquanto estava de bicicleta e a tocou de forma inadequada e logo em seguida, o suspeito fugiu do local na bicicleta. A menina foi à polícia, que analisou as imagens das câmeras de segurança. A polícia descobriu por meio de imagens que a cerca de uma hora depois, ocorreu um incidente similar em uma estrada próxima, dessa vez com uma outra estudante do ensino fundamental, envolvendo um suspeito que se parecia com Matsuki. Segundo à polícia, o autou Mitsuko não negou as acusações.

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo