OpiniãoShort PostStreaming

Pirataria nos animes: Será que ela vai sobreviver a “era do streaming”?

O Brasil é um país que a maioria do habitantes passam sufoco para pagar suas contas, levando o fato que o gasto com contas da casa como água, luz e internet são muito altos por aqui.

E para se distrair,a pessoa vai querer um conteúdo que ele gosta,que pode estar em um serviço de streaming, mas como nós aqui no Brasil falamos: “Nada da vida é de graça”, e a gente precisa pagar por esse serviço. Mas não são todas as pessoas que tem dinheiro para pagar esses serviços,então por isso,elas acabam recorrendo a pirataria.

Mas nesses últimos anos, tivemos uma grande evolução na tecnologia: os Serviços de Streaming. Um exemplo bem claro disso é a Netflix, que praticamente revolucionou a forma que a gente vê filmes e séries hoje em dia, e com um preço acessível pra quem trabalha e tem condições pra pagar (aparentemente).

Porém,o que acontece que no mundo dos animes,a pirataria ainda é forte aqui no Brasil?

A internet e os animes no Brasil

No início dos anos 2000, vários animes começaram a chegar na internet,mas de forma ilegal, e estava tendo tentativas pra amenizar a situação. Uma delas foi o canal de tv por assinatura Animax,mas por alguns erros de estratégia,acabou saindo do ar por aqui.

Já em 2010,a Netflix chegou ao Brasil, mas ela começou a investir mais em animes só a partir de 2014. A Crunchyroll chegou ao Brasil em 2012 e começou a investir em dublagens por aqui a partir de 2016 e por mais recente, a chegada da Funimation por aqui.

Mas por que mesmo com a variedade de serviços de Streaming que a gente tem,ainda temos pessoas que assistem animes de forma pirata?

Falta de dinheiro

Apesar de alguns serviços de Streaming serem mais acessíveis,ainda temos pessoas que não tem condições financeiras para pagar um Serviço de Streaming,e isso é compreensível,num país que nem o Brasil.

E dá pra resolver essa situação?

Pra você que tem condições financeiras pra assinar um Serviço de Streaming,assine. Pode até custar caro,mas vale a pena ser for por um conteúdo de qualidade. E eu acho que hoje em dia compensa bem mais do que pagar um plano de Tv por assinatura, além de você estar incentivando a indústria.

Dá pra você assistir anime de graça,sem ser ilegal!

Uma coisa que eu acho bacana, é você poder assistir seus animes de forma legal e de graça na Crunchyroll. Ela além de ter sua parte Premium,ela também tem a sua parte gratuita,mas com anúncios, além de ela disponibilizar os primeiros episódios de animes como Shield Hero, como os primeiros episódios de seus animes com dublagem Brasileira,como Bungo Stray DogsMob Psycho 100 no seu canal do YouTube por aqui: a Crunchyroll Brasil.

Além disso,a TMS agora está com um canal do YouTube,a TMS Anime Latino,onde ela está disponibilizando alguns dos animes que ela produz como Sonic X.

Eu acho bacana isso,e quando mais isso for incentivado,mais pessoas vão ver e conhecer seu produto e se gostarem, vão acabar assinando aquele produto se tiver condições,e quem sai no lucro é tanto a empresa que faz isso como o próprio consumidor.

E como será o Futuro da pirataria dos animes por aqui?

Com a chegada de mais serviços de Streaming como a Funimation,a corrida desses Serviços contra a pirataria vai ser bem mais pesada de como era antes, já que a a Crunchy era praticamente absoluta por aqui,agora com a concorrência,essa briga contra a pirataria vai ser mais intensa ainda, além da briga própria entre elas no quesito de licenciamento de animes.

Mostrar mais

Zeka Lima

sou redator/CEO da FuniAnime Brasil, uma pessoa que fala sobre animes e tem um sonho...
Botão Voltar ao topo