Compartir

No contexto que a gente vive hoje em dia, vários animes estão em vários serviços de streaming,sendo que é até confuso saber em qual plataforma aquele seu anime favorito está.

Pra você que anime só no áudio original legendado, você não tem tanto essa preocupação em ver aquele anime sem querer ver ele dublado, porém pra quem fica na ansiedade pra ver aquele seu anime favorito ganhando uma dublagem Brasileira,demora uma eternidade, sendo que tem animes que foram feitos ANOS atrás,e que até AGORA não ganharam dublagem Brasileira,mas por quê isso acontece?

A Distribuidora não trabalha com dublagem:

Um exemplo bem claro disso é a distribuidora Aniplex,que inclusive trabalha com alguns animes,porém ao contrário que muita gente pensa(inclusive eu),apesar dela e a Funimation terem a marca “Sony” como proprietárias, elas são de empresas(ou partes) diferentes:

A Aniplex pertence a Sony Music Japan ,sendo a Aniplex of America, responsável por distribuir seu conteúdo nos Estados Unidos, enquanto a funimation pertence a  Sony Pictures.

Aqui no Brasil,ela distribui seus conteúdos para alguns serviços de streaming,como a Netflix e a Crunchyroll,mas ela no momento não está interessada em trabalhar com dublagem aqui no país.

Animes que a Aniplex distribui:

Kimetsu no Yaiba,Sword Art Online

2- A Distribuidora não trabalha aqui

Bem, já que falamos da Aniplex,vamos falar de outra distribuidora: a Funimation.

No momento que eu posto esse artigo,ela não falou sobre sua chegada em outros países,mas há fortes indícios de que em breve o seu serviço,o “Funimation Now” chegue aqui na América Latina, incluindo o Brasil.

A Funi não estava querendo trabalhar oficialmente com o seu serviço de Streaming  aqui, porém desde 2018 ela já estava com interesse de trabalhar aqui,terceirizando os animes dela para o prime vídeo e no início de 2019,eles estavam fazendo testes para as dublagens de Shinkeki no Kyojin e My hero Academia,com as dublagens começando supostamente em janeiro desse ano.

Animes da Funimation:

Boku no Hero Academia,Soul Eater, Tokyo Ghoul, Attack on Titan,etc.

Bem,nessa primeira parte,nos falamos sobre a dublagem brasileira desses animes,agora vamos falar do catálogo de animes em si.

Crunchyroll VS Funimation

Nos últimos anos, começou uma briga intensa em questão de licenciamento de animes por aqui no ocidente. A Crunchyroll compra varios direitos de exibição de um lado, enquanto a Funimation também vai comprando direitos de exibição no outro.

A desvantagem é que no momento,apenas a Crunchy trabalha aquí no Brasil,ou seja,se os direitos de exibição daquele anime cai nas mãos da Funi, provavelmente ele só vai ficar para os Estados Unidos,sem ir para outros países daqui da América Latina.

Um bom exemplo,foi a segunda temporada de “Kaguya-sama: Love is War”:

A primeira temporada,foi licenciada,tanto pela crunchyroll como pela Funimation, porém a segunda temporada foi exclusiva da funimation,sem ter uma forma de exibição oficial por aqui.

No ano de 2018,a Crunchyroll anunciou que iria começar a produzir seus animes próprios,chamados de “Crunchyroll originals”, com o seu primeiro anime original sendo “Tower of God”, lançado agora nesse ano.

Lembrando também que outros Serviços de Streaming e distribuidoras correm por fora,como a Netflix que ela tanto compra como produz animes,e como o prime vídeo,que no momento tem alguns animes da TeleVix e da Sato Company no seu catálogo.

Bem,isso é o que eu entendo,eu sou meio um “leigo” no assunto,por isso talvez eu esteja errado,mas qual a sua opinião sobre isso?

Obs: Pra você ver a situação,eu tive que reescrever quase o artigo todokkkkk

Peço desculpas a todos,pra você ver como o licenciamento é bem complicado…

Compartilhar
fb-share-icon0
Tweet 20
24 de junho de 2020