Reviews/Resumen

Review: Killing Bites

Sem Spoilers!

Uma batalha violenta entre pessoas que se transformam em animais, com muita ação e fanservice. “Isso é o que Killing Bites é”

A história começa quando um estudante universitário comum, Yuuya Nomoto, concorda em ir buscar garotas com seus novos conhecidos. Mal sabia ele que pegar significavam sequestro e tentativa de estu***. As coisas não saem como planejado, porém, porque Hitomi aka Ratel, a garota com quem eles tentam mexer, acaba se revelando uma verdadeira fera. Tudo isso leva Nomoto a se envolver no mundo dos teriantropos e suas lutas mortais.

É fácil entender como é o Killing Bites. Não espere uma história profunda e instigante deste anime. Mas ainda é bom no que quer ser. O enredo progride ao longo do anime, alguns dos eventos eu achei surpreendentes e o anime foi extremamente envolvente e muito emocionante de assistir.

Isso se deve principalmente a lutas bem animadas e interessantes. Os movimentos dos teriantropos correspondem às habilidades reais de cada animal (que são explicadas durante as cenas educacionais acompanhadas por uma música pesada, uma bela combinação). Graças a isso, o estilo de luta de cada personagem é diferente e os resultados nem sempre são previsíveis. A série também é cheia de violência e sangue, mas se encaixa em sua natureza e é algo que nunca achei impróprio neste caso. As coisas também podem ficar obscenas durante as batalhas, mas não é o tipo usual e glorificado de obsceno que vemos com mais frequência em animes de ecchi. É mais brutal e não será do agrado de todos.

Os personagens são outro bom ponto de Killing Bites e não são tão superficiais quanto se poderia esperar. Cada um deles tem seu próprio passado, motivos e ambições. Alguns dos relacionamentos também podem ficar bem complicados, como mostrado no último episódio. Também gosto de como o animal respectivo de cada teriantropo corresponde à sua personalidade.

Também estou satisfeito com os visuais e com a música. O estilo de arte é bom e a animação é de boa qualidade. Eu gostei do design dos personagens e achei que eles se encaixavam nas personalidades dos personagens. Os tons pesados ​​são ótimos e frescos e vão bem com o que vemos. A música de abertura não é diferente da maioria das músicas de fripSide (o que não é necessariamente um golpe, se você gosta do estilo deles) e a música de encerramento é fresca e cativante. Eu não tenho nenhuma reclamação sobre a dublagem também e devo admitir que meio que me apaixonei pela voz da Youko.

Apesar de pequenas falhas, a única coisa que realmente me incomoda é o final aberto. Duvido que haja outra temporada, então as pessoas que não seguem o mangá ficam adivinhando o que acontece a seguir.

Resumindo, Killing Bites é um anime divertido e cheio de ação que está longe de ser algo inovador, mas pode ser muito agradável se você aceitá-lo pelo que é. Está bem feito e acho que vale a pena experimentar. Se você simplesmente quer alguma ação legal acompanhada por fanservice (bastante brutal), vá em frente e aceite-a como a diversão simples de boa qualidade que é.

Killing Bites esta disponível na Amazon Prime Video para seus assinantes.

Mostrar mais

Robson Augusto

Um otaku de 19 anos de bem com a vida. E assistindo muitos animes na temporada XD

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo