AnimaçãoOpiniãoReviews/Resumen

ZekoReview: I am Standing on a Million Lives

Million Lives é um isekai "genérico" ? Tem coisas que faz esse anime se diferenciar dos outros animes do gênero?

E cá estou eu para fazer um review de um anime. O review que você verá a seguir é do anime “Hyaku-Man no Inochi no Ue ni Ore wa Tatteiru”, também conhecido com o seu nome em inglês: “I am Standing on a million lives”.

O anime em si conta a história de Yuusuke Yotsuya, um adolescente que assim como em qualquer Isekai aleatório, vai parar em um mundo paralelo, junto com outras três garotas: Lu Shindou, Kusue Hakozaki e Yuka Tokitake, onde suas funções são definidas pelo “Gamemaster” (vulgo monstrão aleatório sem uma parte do rosto).

No caso, Yotsuya de primeira virou cozinheiro, que tem uma faca de açougueiro (coisa que uma certa personagem desse mesmo anime daria muito bem se fosse também), a Shindou virou uma maga, parecido com o que a Yuka pegou e a Kusue virou uma espécie de “cavaleira”.

A vida de cada um fora do “universo paralelo” (contem spoilers)

O Yuusuke é um cara afastado do mundo, que não é muito pra conversar, mas observava de longe a Shindou, que apesar de ser uma garota popular na escola, ela também tinha seus problemas emocionais por algo que aconteceu com ela no passado.

A Kusue tem uma espécie de doença que faz ela não ter muitas forças para praticar exercícios físicos, por isso ela não tem boas notas em educação física, mas ela é focada nos estudos pra conseguir ser médica e tentar curar essa sua doença.

A Yuka e o Yotsuya se conhecerem graças ao GameMaster que deixou uma missão para ele que fez ela acabar indo para o mesmo mundo paralelo. O caso curioso é que a Yuka é uma grande fã de um “maho shoujo”, a das “Irmãs Majiha”: Majiha pink e Majiha púrpura, no qual esse “anime paralelo” dentro de Million Lives é mais apronfundado no episódio 11, causando um dos momentos mais fofos do anime, que são as irmãs Majiha, mesmo que em pensamento, incentivando a Yuka a não desistir de seguir o seu caminho para cumprir uma missão.

Kahavel: A cavaleira que daria uma boa açougueira e que é uma das melhores personagens (se não a melhor personagem) desse anime (me julguem)

A Kahavel (que em japonês tem a pronúncia de Kavabell, mais ou menos, por isso a confusão) é uma cavaleira que aparece no EP 3 ou 4 do anime e ela rende VÁRIAS PÉROLAS! A “bell” é uma cavaleira que parece que tem um… Sei lá… negócio por “cortar carne” (eu iria usar a expressão “fetiche”, mas digamos que não é uma boa expressão pra ser usada nesse momento) que ela é uma cavaleira muito boa, que foi introduzida na história do anime com um “duelo” com o Yotsuya, que precisava de um transporte para ir até aonde as suas companheiras de guilda estavam, que no caso, acabaram sendo presas em uma prisão com alguns caras, mas que depois, com a ajuda da Kahavel e sua tropa, conseguiram ajudar o Yotsuya a ajudar a libertar as garotas.

Daí em diante, a “Bell” começa a treinar os membros da guilda a “arte da espada”, que é o seu principal ponto forte. A relação dela com o Yotsuya é boa, até tem alguns momentos que você “shippa” os dois, inclusive a Yuka percebeu isso e queria de alguma forma juntar os dois, mas não teve nada demais, só a Kahavel agradecendo o Yotsuya pelo que o que ele fez por ela episódios atrás… Mas não deixa de ser uma boa relação.

A personalidade da Kahavel, de apesar de ser uma valente cavaleira e louca por “cortar a carne”, ela é uma pessoa gentil, e isso que me fez gostar dessa personagem.

Considerações finais:

Uma coisa que eu gostei bastante foi a trilha sonora do anime, tanto a opening e a ending como as trilhas de fundo (OST), a animação não é aquelas coisas, é bonitinha de se ver mas não é aquelas animações das galáxias como a maioria dos “otakors críticos de animação” gostam.

Um fato interesante é que esse anime é um dos primeiros a serem dublados quase que de forma simultânea a versão original pela Crunchyroll, junto com Tonikawa, Noblesse e Jujutsu Kaisen, mas a dublagem brasileira em si eu vou fazer quando todos os episódios dublados do anime forem exibidos, ok?

Se você viu esse artigo até aqui, o que você achou desse anime?

Mostrar mais

Zeka Lima

sou redator/CEO da FuniAnime Brasil, uma pessoa que fala sobre animes e tem um sonho...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo